3 truques para lavar roupa de judô e ficar cheirosa demais

lavar roupa de judô

Lavar roupa de judô parece um processo simples, tão fácil quanto lavar qualquer outro tipo de peça.

Contudo, quem pratica o esporte sabe que não é bem assim. Os kimonos utilizados nos treinos e competições tendem a ficar com um odor bem desagradável.

E para tirá-lo não basta usar sabão e amaciante normal. Alguns outros produtos são necessários junto aos truques para deixar roupas brancas.

Em caso contrário, as peças podem apresentar manchas e um fedor que ninguém merece sentir!

Truque 1: pré-lavagem com vinagre branco

Lavar roupa de judô requer alguns cuidados adicionais. Por isso, nada de colocá-la na máquina e fazer uma lavagem normal, com sabão e amaciante.

Antes de colocar o kimono na máquina de lavar, faça uma pré-lavagem com vinagre branco. Esse produto comum nas casas brasileiras é um desodorizante natural.

Por isso, ele ajuda a eliminar odores e resíduos de suor presentes nas roupas. Para usá-lo, encha uma bacia com água e adicione uma xícara de vinagre branco.

Então, deixe o kimono de molho por algumas horas. Somente depois siga para a lavagem normal.

Truque 2: Adicione bicarbonato de sódio à lavagem

Outro truque que ajuda na hora de lavar sua roupa de judô e deixá-la cheirosa é adicionar bicarbonato de sódio à máquina de lavar, junto ao sabão.

O bicarbonato é um neutralizador de odores muito eficaz. Ele pode ajudar a eliminar cheiros indesejados que estejam no seu kimono. Meia xícara dele é suficiente para a lavagem.

Truque 3: Secagem ao sol

Para garantir que cheiro ruim saia do seu kimono, evite secá-lo na secadora. O calor dela pode fazer com que os odores fiquem impregnados nas fibras do tecido.

Em vez disso, opte por secar ao sol sempre que possível. Ele não apenas é útil para matar germes e bactérias, mas também deixa suas roupas com um aroma fresco e natural.

Por que as roupas de judô ficam com cheiro impregnado?

As roupas de judô frequentemente desenvolvem um cheiro ruim devido à combinação de suor, bactérias e resíduos acumulados durante os treinos.

Além disso, o tecido pesado e denso do kimono tende a reter a umidade. Isso torna a roupa um ambiente propício para o crescimento de bactérias que causam os odores ruins.

Portanto, é importante seguir uma rotina para lavar o kimono adequada, lavando sempre após o treino, e não deixando guarda úmida, por exemplo.

Dessa forma, você pode manter sua roupa de judô sempre limpa e cheirosa, mesmo após um treino pesado e cheio de suor.

Formada em tecnologia, apaixonada por escrita e pelo conhecimento. Dona de uma curiosidade nata e amante culinária. Especializada em redação SEO, atuo com criação de conteúdos para blogs e sites desde 2014.
Últimas do nosso Blog
Navegue pelas Categorias
Você vai adorar nossas receitas!
pão de flocão simples fácil
torta de banana com aveia prática demais
Pão de queijo de frigideira de tapioca é o melhor receita